A gente não precisa de proteção, a gente não precisa de um príncipe, a gente não precisa de alguém que nos cerque por todos os lados, a gente não precisa casar, a gente não precisa ter filho, a gente pode ter cabelo curto, a gente pode beber com os amigos, com a família, com o diabo! A gente pode o que a gente quiser. Inclusive revidar.
  • vanuza

    É , também já passei por muita coisa desse tipo, mas uma hora chega ao fim,chega uma hora que o nosso auto-respeito grita alto e forte criamos coragem e não pensamos nas consequencias, se vamos ficar sem ter aonde ir ou seja lá o que for, algumas de nós consegue dar esse basta antes que seja tarde demais,pra mim a gota d,água chegou em meio a muita violência e foi preciso B.o,sim e até nessa hora sofremos por ser negra e pobre,quando o funcionário da delegacia conhece o agressor e esconde o tal B.o debaixo do armário impedindo que o socorro da lei Maria da penha chegue até a gente.Mas fui na delegacia muitas vezes e no fórum, também eu tinha que descobrir onde estava meu processo antes que esse homem que dizia que ia amar e cuidar acabasse me matando, descobri que mesmo declarando por escrito que deseja representar, não é garantido você se livrar,sofri ,muito tive depressão ,nunca aceitei viver assim nem nunca me senti culpada pela violência que sofria, sempre me revoltei não poder estudar, trabalhar, buscar pelo melhor na minha vida,mas se não fosse essa revolta eu não estaria hoje realizando o que sempre quis ,ele me fez perder uma bolsa integra para estudar direito ,escondeu meus documentos disse que eu estava era cassando homem e que ninguém passa na prova da OAB.até hoje sofro por isso pois foram seis anos da minha vida perdidos,mas aprendi a me defender,hoje tenho meu trabalho se estivesse com ele nem trabalhar eu poderia, claro que fiz esse concurso para servente porque tinha certeza de que eu poderia ser aprovada , e poderia pagar uma faculdade, não de direito mas qualquer coisa para sair do fundo do poço. Deus me deu uma bolsa para engenharia e estou cursando aos trancos e barrancos pois meu forte não é matemática ,e ainda tenho que conciliar com o trabalho de servente escolar, mas já posso ver a luz no fim do túnel. todas nós temos que tomar coragem um dia e romper com isso tudo,por nós mesmas.um dia chega a hora.(vanuza)

  • Dany

    Por essas e por outras q eu desisti de ficar com homens…