Suelen Novaes, de 28 anos moradora de Cachoeiro do itapemirim, em Vitória/ES já tinha sido ameaçada pelo agressor, ela e sua família. As pessoas sabiam que ele era violento – e que estava usando tornozeleira eletrônica – sinal de que tinha acabado de sair da prisão.

Suelen, dois filhos, ameaçada por esse cara e ninguém fez nada. Ninguém a protegeu, ninguém perguntou se ela queria ajuda. Mas o crime foi passional.

Nós não morremos por causa de paixão, nós morremos por causa do machismo estrutural que forma essas mentes que odeiam as mulheres. Esses homens não são apaixonados por nós, eles nos odeiam. Então NÃO FOI CRIME PASSIONAL.

Por todas essas mulheres negras que morrem todos os dias com a desculpa de paixão, amor, nós gritaremos.

#GritePorElas #16DiasdeAtivismo #NenhumaAMenos