Cantora baiana aborda valorização da mulher negra em show na capital paulista

Valorizar o trabalho promovido por organizações não governamentais que atuam com temáticas relacionadas às mulheres negras, fomentando assim a necessidade de se discutir questões raciais e de gênero tão presentes nos dias atuais. Esses são alguns dos objetivos do Projeto ‘Sou Negra’, da cantora baiana Chris Nolasco.

Radicada em Recife, ela também busca a valorização cultural e a expansão da música produzida no chão pernambucano. O projeto patrocinado pelo Funcultura, programa de incentivo do Governo do Estado de Pernambuco, tem shows em diversas capitais brasileiras e chega neste domingo a São Paulo, com apresentação às 17h00 no Centro Unibes Cultural.

O show também celebra o Dia Internacional da Mulher Negra, comemorado na última quarta-feira, 25. Para reconhecer e valorizar o trabalho de organizações relacionadas à temática proposta, o projeto buscou parcerias em cada uma das cidades que receberão os shows. Na capital paulista, a ONG parceira será a Blogueiras Negras, que receberá 30% da arrecadação com a bilheteria.

O repertório concentrará músicas que compõem o CD ‘Pele Negra’, lançado pela artista em 2011 e que lhe rendeu o prêmio de Melhor Cantora na categoria CD Cultural pela ACINPE (Associação de Compositores e Intérpretes de Pernambuco), além de maracatus, ijexás e até mesmo a interpretação do Hino da África do Sul (Nkosi SikeleliAfrika).

Nesta sexta-feira, 27, Chris Nolasco se apresenta no Rio de Janeiro, no Teatro Solar de Botafogo, com homenagem à Marielle Franco, vereadora carioca assassinada em março e que completaria, nesta data, 39 anos de idade. As apresentações reúnem ritmos diversos presentes no trabalho da cantora. “Esta turnê é muito especial para mim, e o público pode aguardar um show com muita percussão, maracatus, ijexás e sambas, entre outros estilos, tudo sob a influência do Jazz e com arranjos bem inusitados”, destaca Chris Nolasco.

Nascida em Feira de Santana (BA) e radicada em Recife (PE), Chris Nolasco sempre valorizou sua origem nordestina e afrodescendente, imprimindo em seu trabalho autoral uma forte influência das manifestações culturais dos ritmos nascidos do povo negro, como maracatu e afoxé, misturados ao jazz e ao samba. À sua afinadíssima e melodiosa voz meso soprano, a cantora alia experiência e bom gosto musical, apresentando um repertório que valoriza o universo da música negra.

A turnê começou em 13 de julho em Salvador e tem datas ainda no Recife e João Pessoa. Todos os shows contarão com recursos de acessibilidade, com presença de intérprete de libras nos eventos. Além de cantora e compositora, Chris Nolasco é também produtora cultural, assistente social e especialista em Etnomusicologia, graduada pela UFPE (Universidade Federal de Pernambuco).

SERVIÇO – SÃO PAULO

Chris Nolasco em ‘Sou Negra’

Domingo, 29 de julho de 2018

Teatro da Unibes Cultural

Rua Oscar Freire, 2.500 – Sumaré

Acesso pelo Metrô Sumaré (Linha Verde)

www.unibescultural.org.br

 

Ingressos: R$ 10 (meia) / R$ 20 (inteira)

Vendas online: www.sympla.com.br

Produção local: DOX Produção e Conteúdo

Relacionamento com a imprensa: Comunica Conteúdo – comunica.conteudo@gmail.com

 

Ouça Chris Nolasco: www.soundcloud.com/chrisnolasco

Veja Chris Nolasco: https://goo.gl/2n5mjB