Espetáculo violento estreia no Galpão Cine Horto em BH com abordagem sobre a juventude negra

O solo de Preto Amparo aborda questões da masculinidade negra e racismo estrutural e faz temporada de 20 a 22 de outubro

O espetáculo violento. se desenha pela trajetória de um jovem negro na sociedade, diretamente atingido por abordagens policiais, encarceramento em massa, o genocídio em curso e a hipersexualização do corpo negro acrescida de elementos urbanos e ritos de passagens contemporâneos. O primeiro solo do ator Preto Amparo fará temporada de estreia no Galpão Cine Horto (Rua Pitangui, 3613, Horto, BH – MG) de 20 a 22 de outubro, às 20h, na sexta e no sábado, e 19h no domingo.

Os ingressos serão comercializados na bilheteria do teatro duas horas antes do espetáculo e já estão à venda pela internet (sympla) por R$ 20,00 e R$ 10,00 (meia-entrada), pessoas negras têm direto a meia-entrada. A classificação indicativa é 16 anos.

Sobre o espetáculo

Com um trabalho teatral desenvolvido nas coxias, como iluminador – o trabalho técnico ou braçal geralmente é delegado aos artistas negros e negras – Pedro, hoje, Preto Amparo, iniciou a pesquisa do espetáculo em uma cena curta apresentada na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) durante uma ocupação artística. Na ocasião, apesar do caráter contestador deste movimento, a presença de um corpo negro desencadeou atitudes racistas, geralmente não identificadas ou assumidas pela formação de nossa sociedade.

A partir de mais esse disparo, a ideia de construir uma obra cênica que dialogasse com a ancestralidade e com a vida do jovem negro urbano foi tomando forma. O ator e diretor Alexandre de Sena assumiu a direção do espetáculo que pretende desnudar, de forma poética, o racismo estrutural existente em nosso cotidiano brasileiro. O primeiro resultado desse processo foi apresentado no Festival de Cenas Curtas do Galpão Cine Horto (2016).

“Todo processo criativo do espetáculo foi permeado por um local enunciação e de luta, sem negligenciar a possibilidade de aprofundamento em desenhos performáticos e cênicos. Nossa formação teatral é, seguramente, recurso para criação de poéticas de resistência”, reforça Preto.

O QUE: Espetáculo Violento

QUANDO: 20 a 22 de outubro

ONDE:  Galpão Cine Horto, Belo Horizonte – Minas Gerais