Os becos e ladeiras da comunidade do Vidigal ganharão seis dias totalmente dedicados à literatura em novembro, de 10 a 15, na ONG Horizonte. A favela na Avenida Niemeyer será palco da sexta edição da FLUP, Festa Literária das Periferias, que receberá mais de 40 de escritores nacionais e estrangeiros para discutir temas relacionados às revoluções – entre elas as sexuais, científicas ou da internet. O grande homenageado será o ator, dramaturgo e revolucionário Oduvaldo Vianna Filho, o Vianinha. O evento é aberto ao público e gratuito.

A abertura da FLUP 2017, no dia 10 de novembro, será marcada por uma revoada de balões estampados com um texto de Vianinha. A partir das 17h, a equipe do fotógrafo JR receberá os moradores da favela para as fotografias que farão parte da cenografia do galpão da Horizonte, onde acontecerá o festival. Nessa mesma hora, atores do Nós do Morro começarão a fazer performances poético-teatrais com base na biografia de Vianinha, ao longo do caminho que leva à FLUP.

A edição de 2017 da FLUP começará o último dia, quarta-feira, dia 15, com o escritor e ativista queer Sam Bourcier, que se reunirá com a arquiteta e blogueira brasileira Charô Nunes para discutir a globalização da ameaça às liberdades individuais e à vida de tudo o que foge ao padrão. Em seguida, Saul Williams fará uma performance de encerramento e posteriormente haverá a final do RIO POETRY SLAM.

O QUE: FLUP – Festa Literária das Periferias #6 edição

QUANDO: 10 a 15 de novembro de 2017

ONDE: ONG Horizonte – Estrada do Vidigal, 75 – Rio de Janeiro