A CIRANDA DE CRIOULA coordena no Museu da Imagem e do Som de Cuiabá-MISC, nos dias 13 a 30 de julho, a exposição DE BENGUELA, DE CUIABÁ, DO MUNDO, TEREZAS, pelas voluntariosas Érica Sales, Isis de Castro e Gilda Portella.

O evento exibe obras de Gilda Portella, Meg Marinho e Paty Wolff, retratando o universo infanto-juvenil e de mulheres negras anônimas, e do cotidiano das artistas ou da História brasileira e matogrossense. Celebra a historicidade das mulheres Terezas; personificando alegrias, dores, lutas, esperança e reflexões sobre a negritude, e nuances culturais da matriz africana, vetores do universo feminino negro, suas raízes profundas e condutoras da história e cultura matogrossense. São obras de mulheres que retratam mulheres, evidenciando o feminino contando sua história, ou da Outra, sensibilizando os olhares pela Arte.

O QUE: IX Ciranda de Crioula – Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha

QUANDO: 13 30 de Julho de 2018

ONDE: Museu de Imagem e Som, Cuiabá/MT