Dando continuidade as atividades de formação do projeto OROAFROBUMERANGUE em Salvador, o Núcleo Afro Brasileiro de Teatro de Alagoinhas – NATA realiza no mês de maio as oficinas de percussão feminina e história do teatro negro no Brasil e na Bahia. As atividades serão ministradas no Teatro Vila Velha (TVV) pelos integrantes do grupo e as inscrições podem ser realizadas pelo site do grupo (https://www.natateatro.com.br/oficinasoroafrosalvador). As oficinas são gratuitas, mas é cobrada uma taxa de manutenção do uso do espaço do TVV no valor de R$ 30 para cada formação.

Percussão Feminina

A oficina Mulheres, Tambores e Poéticas Futuristas, proposta por Sanara Rocha, pretende, através de exercícios rítmico práticos, iniciar mulheres no universo da percussão. As aulas ocorrerão dias 04, 05 e 06 de maio, sendo que, na sexta-feira e no domingo o horário é das 14h às 18h, e no sábado, das 09 às 13h.

“Esta atividade é como uma estratégia de empoderamento e serve para construção de novas poéticas cênicas femininas”, explica a atriz, musicista e diretora de teatro, que em 2016 estreou o espetáculo solo IYÁ ILU, um ritual afro futurista de saudação a Ayan – a deusa do tambor.

 

Teatro Negro

O ator Antônio Marcelo e a diretora do grupo Fernanda Júlia Onisajé através de uma oficina expositiva promoverão uma reflexão histórica e teórica a respeito do Teatro de Grupo e Teatro Negro no Brasil. “Visamos o amadurecimento do discurso estético e político dos artistas que participarão da atividade. Além disso, o objetivo é fortalecer o indivíduo através do conhecimento da história e da memória, buscando na teoria o embasamento para a prática”, descreve Onisajé.

Antônio Marcelo expõe que serão trabalhados os seguintes conteúdos: a história do teatro de grupo e do teatro negro brasileiro; além das poéticas de encenação do Teatro Experimental do Negro – TEN, do Teatro do Bando de Teatro Olodum e do NATA. A oficina ocorrerá nos dias 09, 11 e 12 de maio, das 19h às 22h.

 

O QUE: NATA – oficina de percussão feminina

QUANDO: 09, 11 e 12 de maio, das 19h às 22h.

ONDE:  Bahia