Diáspora em Rede: Mário de Andrade e o movimento africanista

 

 

 

Inspirado no ensaio “Mário de Andrade africanista”, o úcleo de Ação Educativa da Rede de Museus-Casa Literários de São Paulo convida a professora Ligia Ferreira para o encontro on-line Diáspora em Rede: Mário de Andrade e o movimento africanista no dia 17 de setembro, quinta-feira, pelo canal do YouTube e pelo Facebook. A conversa aborda a rede mundial de africanistas negros e brancos na primeira metade do século XX e a inserção de Mário no diálogo da diáspora africana por meio de trabalhos como “Nova Canção de Dixie” (1944), poema onde retrata fatos como o racismo norte-americano da mesma década.

Ligia Ferreira, docente em Letras na UNIFESP e com doutorado sobre a vida e obra de Luiz Gama pela Universidade Paris 3 – Sorbonnee, participa de “Diáspora em Rede: Mário de Andrade e o movimento africanista”, atividade da Casa Mário de Andrade. Foto: Silvia Contanti

Encontro | Diáspora em Rede: Mário de Andrade e o movimento africanista
17 de setembro, quinta-feira, às 16h30

Com Arthur Major e Lígia Ferreira