Encerramento do ÌYÁ’S – Festival de Arte de Mulheres Negras e performance sobre memórias marcam o final de semana do Teatro Gamboa Online

Encerrando a programação Novembro Negra do Teatro Gamboa, de amanhã (25) até domingo (29) uma série de espetáculos online assume o palco do espaço cultural, que desenvolveu uma plataforma própria onde acontece a transmissão ao vivo da programação, além de possibilitar ao público assistir cada espetáculo ou oficina até 24 horas após o horário original programado. No https://www.teatrogamboaonline.com.br/ é possível ainda comprar os ingressos que custam R$20 (inteira) e R$10 (meia-entrada).

 

A oficina YoGamboa abre a programação da semana amanhã (25), convidando Priscila Sodré para a prática com foco em Respiração e Movimento, a partir das 13h. A seguir, às 15h, o professor Zé Ricardo ministra a oficina Dança Sagrada dos Orixás, com releituras das danças dos deuses do panteão africano observando o gestual sagrado nas suas formas e significados.

 

Na quinta (26) e sexta-feira (27) o ÌYÁ’S – Festival de Arte de Mulheres Negras (criado para acolher poéticas, estéticas e narrativas de mulheres negras) apresenta o espetáculo VI(elas), com Inah Irenan, a partir das 19h. Nele a atriz traz para cena as marcas presentes na vida de mulheres negras, que passam de geração em geração. O espetáculo mostra no corpo da mulher preta os atravessamentos perversos decorrentes de gênero e raça.

 

Sábado (28) e domingo (29), a partir das 17h, a performer Roberta Rox assume o palco do Gamboa na performance Memore-si, que evoca e faz uma homenagem à memória. Criado em frente ao mar, na comunidade Morro da Sereia, em Salvador, o espetáculo surge em meio à crise do coronavírus, inspirado em temas como ancestralidade, afrofuturismo, raízes, cura e memória.