Barbara Oliveira

Nascida em Recife-PE, é arquiteta e urbanista formada pela Universidade Federal de Pernambuco, também estudou Restauro Arquitetônico através da graduação sanduiche do programa Ciência sem Fronteiras, na Università Degli Studi Roma Tre (2014-2015). Estagiou no Escritório técnico do IPHAN Pernambuco (2016-2017), em Olinda e é autora da monografia intitulada “O reconhecimento das senzalas na conservação de engenhos”. Atualmente coordena o projeto Arquitetas Negras, junto com Gabriela de Matos, arquiteta e urbanista que atua em Governador Valadares. Como profissional, busca atrelar questões raciais nas discussões da arquitetura e do urbanismo. Como mulher, luta pelo direito de viver a cidade, apesar do machismo e do racismo.