#LiveBN Mulheres negras na política – Norte e Nordeste em foco

Em 2020, pela primeira vez, o número de candidaturas negras foi superior ao de candidaturas brancas (falando de prefeitas e vereadoras). O Norte foi a região com maior percentual de mulheres negras concorrendo aos cargos, com 76%. Em seguida foi o Nordeste, com 68%. Mas o que isso significou na prática? Quantas de nós fomos eleitas? Quantas conseguiram sair saudáveis desse processo? 

As Blogueiras Negras convidam você a participar da live Mulheres Negras na Política: Norte e Nordeste em Foco que vai acontecer na quarta-feira, dia 19 de maio às 18h no nosso canal do youtube. Conosco, estarão Lourdinha Nascimento, que é vice-coordenadora geral do Movimento de Mulheres do Campo e da Cidade do Pará – MMCC/PA  e militante do Coletivo de Mulheres Negras Maria Maria – COMUNEMA, do Pará. De Manaus, a articuladora Francy Júnior que é  integrante do Fórum Permanente das Mulheres de Manaus e Movimento de Mulheres Negras da Floresta – Dandara. 

Do Maranhão, falaremos com Valdenia Menegon que possui graduação em História pela Universidade Estadual do Maranhão, Especialização em História Política Contemporânea, Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça, Especialização em História do Maranhão, mestrado em Políticas Públicas pela Universidade Federal do Maranhão e doutorado em História pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Coordenadora Geral do Instituto Valdenia Menegon e Diretora de Direitos Humanos e Formação Política da UNEGRO/Caxias. Professora SEDUC/MA e Movimento Mulheres Negras Decidem.

Falaremos também com Denize Ribeiro, integrante do Fórum Marielles, Feminista Negra, Candomblecista é doutora em Saúde Coletiva pelo Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e Coordenadora do NEGRAS – Núcleo de Estudos e Pesquisas em Gênero, Raça e Saúde da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). Foi Coordenadora de Políticas Afirmativas da UFRB (2014), onde  é professora do Centro de Ciências da Saúde (CCS).

Vamos juntas fazer esse balanço do que foi 2020, mas também pensar estratégias e táticas para 2022, quando teremos mais uma vez um processo eleitoral a nível federal no Brasil. 

Referência

MARTINS, Flávia Bozza; BRUNO, Maria Martha; FERRARI, Marília. Eleições 2020: número de candidatas têm aumento tímido, mas candidaturas negras são maioria. Gênero e número. Publicado em 27 de setembro de 2020. Disponível em  < http://www.generonumero.media/eleicoes-2020-candidaturas-negras-maioria/>. Acessado em 05 de maio de 2021. 

You May Also Like