Não quero tuas migalhas de amor

Farelos de bolo me fazem lembrar as migalhas de amor que tu me deu.

Eu, faminta, ansiava receber cada pedaço teu.

Mas o que eu sabia do amor? O que eu sei do amor?

Eu pensava que amar era me entregar de corpo e alma, então eu me entreguei.

Eu achei que tinha algo errado comigo, então eu mudei.

A minha essência feito poça d’água em dia de sol quente lentamente foi evaporando

Contraditoriamente eu fui me alterando.

Eu já não sabia o que era eu e o que era tu, agindo diferente na ânsia de não te perder eu fui me perdendo de mim.

Quando você foi finalmente embora, feito nuvem negra eu chorei uma tempestade

Hoje de corpo e alma lavada, eu voltei a ser cheia.

 Enchi de mim cada espaço teu que se foi

.

Inaiana Gama 

25/04/2019


Imagem destacada – Retha Ferguson no Pexels

You May Also Like