Repressão da GCM contra crianças e adolescentes no parque em SP

Antes de começar a denúncia, gostaria de informar que houve um equívoco de fardas. NÃO É a Polícia Militar de SP que está reprimindo as crianças no parque, e sim a Guarda Civil Metropolitana, mais conhecida como GCM. Devido esse equívoco, no vídeo foi citado diversas vezes o nome “polícia”, mas na verdade quem estava fazendo a repressão infantil era a GCM.
Leia mais

Mulheres de Atenas: o reflexo do genocídio da população preta, pobre e periférica na vida das mulheres negras

Pobre, jovem e negro: esse é o perfil exemplar das vítimas de homicídio hoje no Brasil, que se por vezes não morrem através da ação da polícia à mando do Estado genocida, morrem através da guerra contra as drogas que serve como pano de fundo para culpabilizar e consequentemente exterminar os jovens com esse perfil. No Brasil hoje, cerca de 60 mil pessoas são assassinadas todos os anos, dos quais cerca de 70% são negros e pardos.
Leia mais

Lidando com o racismo: os jovens do Insttituto JCPM em Salvador

O encontro com os educadores e jovens desse instituto foi uma experiência riquíssima em minha vida. Recebi muito carinho e tive a oportunidade de mais uma vez confirmar o quanto é importante despertar a atenção das pessoas para questões sociais e de identidade o quanto antes. É fundamental estimular as crianças desde bem cedo a se amarem e se aceitarem exatamente como são, e a nunca duvidarem de sua importância e do seu valor no mundo. Também é importante estimular o quanto antes o interesse em conhecer a própria história para melhor entender sua realidade atual. A pessoa que cresce sendo incentivada dessa forma, muito provavelmente se tornará um cidadão seguro, consciente de sua importância e sensível para as questões e os dilemas de outros seres humanos. E não é assim que se forma uma sociedade verdadeiramente igualitária?