O feminismo negro é absolutamente incompatível com a transfobia

Que fique enegrecido: nós Blogueiras Negras entendemos que o feminismo negro, mesmo em suas diversas manifestações, é absolutamente incompatível com a transfobia. Acreditamos que não seja complicado entender que nossas mulheres são atingidas por ela, tem sua existência negada, sua humanidade diminuída simplesmente por serem transexuais e por serem negras, uma superposição de identidades que cria um eixo único de violências. Às mulheres negras cis só existe uma possibilidade nesse sentido: sermos aliadas.

Tolerância, Respeito e Aceitação: A Luta Diária da Pessoa Transgênera por Igualdade

Tolerância requer que você não me julgue em função da minha diferença, respeito requer que você me trate de maneira justa, e aceitação requer que você aceite que sou filha de Deus e que minha peculiaridade é ok. Pessoas que discriminam sempre tem alguma justificativa para seu ódio e intolerância, seja religião, as crenças sob as quais foram criados, ou ignorância. Mas em minhas mémórias registradas no livro I Rise [Eu me levanto], encorajo todos os irmãos e irmãs transgênerxs a superarem o medo, a derrota, a degradação e a discriminação. Minha vida tem sido de muitas frustrações, mas também tem sido uma vida de superação de obstáculos e elevação para atingir meus objetivos. Nós, a comunidade transgênera, somos criaturas divinas e precisamos de amor e aceitação, como qualquer outra criatura de Deus.
Leia mais

O nome disso é transfobia. Chega.

Precisamos entender que o combate à transfobia também é uma luta por direitos da população negra. O Dia da Memória Trans*, comemorado em 20 de novembro, tem em sua origem a estória de uma mulher negra. O assassino de Rita Hester argumentou que foi movido por um medo irrefreável de pessoas trans*, responsável por uma insanidade temporária. Recentemente, a vereadora negra trans* Madalena foi retratada como um chimpanzé. Esse é apenas um caso entre milhares. Apesar de a associação entre racismo e transfobia ser comprovadamente letal, ela não é de todo evidente e ainda precisamos caminhar no entendimento de como eles se retroalimentam e se intensificam, criando obstáculos praticamente