Leia mais

Transgredir

O que nos distingui é que hoje vi pessoas que vivem “a dor e a delicia de ser quem são” com a maturidade de quem se aceita e assim aceita suas limitação e não se permite paralisar por elas e mais alimenta com o adubo do Amor as muitas possibilidades que suas potencialidades fazem brotar, enquanto eu to caminhando para isso, na luta árdua do dia a dia em me desconstruir dos meus pré – conceitos.